This movie requires Flash Player 9

Audiência Pública discute projeto de Lei que regulamenta profissão do bombeiro civil

Posted by camila | Segurança,VITÓRIA DACONQUISTA | quinta-feira 1 setembro 2016 15:13

Postado em 23/08/2016 – 11h56

bombeirocivil23_Ago_16_12A Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) realizou na manhã dessa terça-feira (23) uma audiência pública que discutiu o Projeto de Lei 16/2016, que dispõe sobre a obrigatoriedade de contratação de bombeiros profissionais civis (BPC) em estabelecimentos ou eventos de grande concentração pública no âmbito do município de Vitória da Conquista.

O vereador Luciano Gomes (PR), um dos requerentes da audiência, lembrou que o objetivo do encontro é discutir o melhor para todos os lados: “Vamos analisar o lado das empresas sim, isso é fundamental, mas o mais importante aqui é analisarmos o lado desses profissionais”.

Bombeiro civil Lucas Lobo

O bombeiro civil Lucas Lobo participou das discussões e lembrou que a “luta que não se inicia hoje e sim no dia 11 de janeiro de 2009 quando foi sancionada a lei federal nº11.901/2009 que regulamenta a profissão de bombeiro civil”. Ele pediu à administração pública olhe “com carinho para esses profissionais”. Deu exemplo de incêndios que aconteceram na cidade além de incidentes ocorridos em eventos realizados como foi o caso registrado durante a festa da Padroeira no último dia 15 de agosto. Lembrou da tragedia da Boate Kiss no Sul do país e afirmou que “não podemos esperar que acidentes como esse aconteçam na nossa cidade”.

Bombeiros Civil Joselito Rodrigues

O representante da Academia de Bombeiros Civis, Joselito Rodrigues, defendeu a aprovação do PL 16/2016. Para ele, aprovar o PL é dar uma medalha de ouro à classe dos bombeiros civis. “Eu gostaria de pedir aos vereadores que aprovem esse PL que é de grande valia para Vitória da Conquista”, disse Rodrigues, que também, destacou a importância da atuação dos bombeiros civis no atendimento pré-hospitalar. “Se houvesse um bombeiro civil na boate Kiss, com certeza não haveria tantos óbitos”, disse ele em referência ao incidente ocorrido em 27 de janeiro de 2013 na cidade de Santa Maria – RS, que matou 242 pessoas e feriu outras 680. Joselito Rodrigues apontou que o contingente dos bombeiros militares é baixo e que por isso a regulamentação municipal da atuação de bombeiros civis se faz necessária. Ele destacou ainda que cidades como Barreiras e Luís Eduardo Magalhães já regulamentaram.

Engenheiro Leandro Fonseca

Representando o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA), Engenheiro Leandro Fonseca, iniciou dizendo que após uma intervenção do CREA com o Corpo de Bombeiros, Conquista hoje tem o melhor sistema de hidrantes da Bahia. “Infelizmente não está sendo expandido”. Afirmou que o Governador Jacques Wágner sancionou a lei contra incêndio e pânico na Bahia, sendo dois anos de muita discussão “para não dar margem a qualquer pessoa ou identidade no processo jurídico”. Esclareceu que a responsabilidade para se combater incêndio é dos Bombeiros. Entretanto, ressaltou que nem os Miliares e nem os Civis estão qualificados para combater incêndio em edifícios de altura elevada, destacando a falta da escada magirus.

Afirmou da necessidade da análise jurídica do Projeto. “Você não pode obrigar a empresa a contratar esta ou aquela pessoa ou entidade. Tem que chamar a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o sindicato patronal, para um debate com aprofundamento técnico, e contemplar com segurança e segurança jurídica”. Perguntou como fica a situação das empresas que já tem seus brigadistas treinados pelo Corpo de Bombeiros. Ressaltou que o Projeto deve ter respaldo na legislação atual. “Precisa de segurança jurídica”.

André Sousa Barro

No momento de abertura para as colocações da plenária, André Sousa Barros disse que quanto às questões colocadas por Leandro Fonseca não há dúvidas. “A nossa maior intenção é buscar maior segurança e prevenção à vida”, explicou. Ele disse se lembrar que Vitória da Conquista foi uma das primeiras cidades a se debruçar sobre as necessidades de prevenção de acidentes.

André destacou ainda que é preciso buscar melhorias para a população e para a categoria dos bombeiros civis. Segundo ele, o bombeiro civil é capaz de minimizar as perdas causadas por acidentes como incêndios provocados por curtos-circuitos, por exemplo. Ele ainda reconheceu o apoio da Câmara Municipal de Vitória da Conquista na atuação em busca do aumento da segurança da população, e defendeu a provação do Projeto de Lei.

Gardênia Messias

A funcionária pública municipal e especialista em segurança do trabalho, Gardênia Messias, disse que “estamos aqui para lutar por uma legalização. Buscamos para que seja legal a maneira de trabalharmos”. Esclareceu que o projeto trata da contratação de bombeiros civis de acordo com o número de colaborados. “Temos estudantes e profissionais não só para uso profissional, mas para uso particular. Temos um curso de Atendimento Pré-Hospitalar (APH). Sabemos utilizar os primeiros socorros”. Afirmou que profissionais na área de segurança buscam essa formação como se fosse uma pós-graduação. Finalizou dizendo que o “intuito é qualificar profissionais para empresas, mas também para vida”.

Juliana dos Santos

Juliana dos Santos, aluna do curso de bombeiro civil, relatou que teve interesse no curso por ter passado por uma situação em casa e não saber o que poderia ser feito: “Me propus a fazer esse curso para ajudar a salvar vidas”. Lembrou que a aprovação desse projeto vai viabilizar a contratação de pessoas que como ela fez um investimento e se qualificou para realização desse trabalho. Lembrou que já trabalhou no comércio e nunca teve fiscalização nos estabelecimentos comerciais, “nem mesmo orientações sobre extintores, primeiros socorros “dentre tantas outras informações que precisamos para evitar acidentes fatais”.

O vereador Ricardo Babão (PSL) destacou a atenção e a responsabilidade que a discussão do PL exige dos vereadores. Ele apontou que a Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, onde o projeto está sendo analisado atualmente está qualificada para dar o parecer. “Temos uma comissão muito qualificada que vai analisar com carinho. Sei da importância de vocês para Vitória da Conquista”, disse o parlamentar, que destacou já ter trabalhado em produção de grandes eventos culturais. “Sei da ansiedade de vocês em servir a Vitória da Conquista, sei que estão qualificados para exercer essa função. Estamos à disposição”, disse o vereador aos bombeiros civis.

O vereador Coriolano Moraes (PT) elogiou a fala do Engenheiro Leandro Fonseca pois o “debate deve ser feito de maneira honesta”. Esclareceu que o trabalho da Comissão de Legislação, Justiça e Redação final passa pela Análise Técnica, Jurídica e Consulta Popular. “Compreender entendimentos, proposições, divergências e a legalidade”. Destacou que o projeto envolve que os estabelecimentos tenham a obrigatoriedade da contratação imediata do bombeiro civil. “Aqui é verdadeiro exercício da democracia, parabéns ao debate. Vamos convidar a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)”. Disse que a discussão não pode parar. “Queremos uma sociedade que avance dentro da legalidade e que todas as funções sejam absorvidas dentro de um padrão de tolerância a ser observado dos dois lados”.

Para o vereador Arlindo Rebouças (PSDB), lembrou que a responsabilidade da comissões de Legislação, Justiça e Redação Final tem o dever de analisar e discutir de forma responsável todos os projetos de lei que chegam até eles. Ele explicou que “é preciso cautela para não aprovarmos uma lei que será discutida posteriormente”. Falou da importância do bombeiro civil para uma cidade como Vitória da Conquista, “mas o que nós queremos é que essa lei seja regulamentada o quanto antes, mas de forma correta”. E afirmou que o projeto será aprovado no tempo certo, mas com toda a legalidade para que não seja questionada.

Luciano critica discurso de palanque e defende união para resolver o problema

Posted by camila | CHUVAS,Conquista,Limeira,Mandato,VITÓRIA DACONQUISTA | quinta-feira 1 setembro 2016 15:11

Postado em 22/06/2016 – 03h31

Luciano Gomes (PR)

Na sessão especial sobre a crise hídrica que vive Conquista, realizada nesta quarta, 22, na Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), o vereador Luciano Gomes (PR), Líder do Governo, condenou o que considera discursos de palanque sobre a questão da crise hídrica. Para ele, é necessário analisar concretamente a situação e tomar as medidas que a população precisa.

Ele ressaltou a atuação da prefeitura. Segundo ele, o prefeito Guilherme Menezes buscou subsídios nos governos estadual e federal para elaboração do projeto de construção da barragem do Rio Pardo. “Foram feitos os estudos. Aí tem que buscar os recursos. E nós precisamos nos unir para buscar esses recursos”, disse.

Em sua fala, Luciano relatou visita a Salvador, onde se reuniu com o presidente da Embasa. “A licitação para a construção da barragem do Catolé, ela deu deserta”, detalhou. Ele explicou que a licitação foi aberta por quatro vezes e em todas não apareceram empresas interessadas. “Isso não é culpa do governo”, afirmou.

Segundo Gomes, após alterações e um orçamento maior, o projeto foi entregue à Caixa. “E agora nós precisamos de nossos deputados federais para que exija do governo federal que autorize [a obra]”, falou. Para ele, o memento é de união de forças para se buscar recursos federais para a concretização da barragem. Ele frisou que o prefeito e o presidente da Embasa estão empenhados em resolver a situação, mas a obra pode esbarrar na ‘politicagem’.

Luciano Gomes destaca atuação do Governo Municipal junto à população de rua

Posted by camila | VITÓRIA DACONQUISTA | quinta-feira 1 setembro 2016 15:09

Postado em 17/06/2016 – 02h16

Luciano Gomes (PR)

Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal, nesta sexta-feira, 17, o vereador Luciano Gomes (PR), líder do Governo na Casa, destacou a atuação do Governo Municipal junto à população de rua. “O CREAS POP adulto, o CRAS são serviços que cuidam dessas pessoas”, apontou Luciano. “A Prefeitura não é omissa, ela tem feito o seu papel de agente público, tem criado as ações necessárias para ajudar essa população”, completou Gomes.

Para Luciano, Vitória da Conquista tem grandes investimentos públicos na área social. “Vitória da Conquista é uma das cidades que mais tem ações e investimentos na área social na Bahia”, disse o líder do Governo.

Festejos de São João – Luciano disse aos colegas vereadores que a população da zona rural já está em clima de São João e desejou a todos um São João de paz e harmonia. “Que a população possa brincar o São João com muita alegria e sem violência”, desejou.

Sobre o Forró Pé de Serra do Piripiri, Gomes disse que o organizado pela Prefeitura Municipal será brilhante mais uma vez, assim como o São João tradicional da zona rural. “O Forró Pé de Serra do Piripiri, forró tradicional, será com atrações regionais, mas com certeza não vai tirar o brilho dessa festa tão importante. As famílias que fazem o São João na zona rural também vão continuar fazendo porque nós não podemos perder essa tradição tão importante”, disse Luciano Gomes.

Vereador Cita melhorias nos bairros de Conquista

Posted by camila | VITÓRIA DACONQUISTA | sexta-feira 12 agosto 2016 9:15

O vereador Luciano Gomes (PR) disse que o município de Vitória da Conquista cresceu nos últimos vinte anos com o apoio do seu povo, dos empresários, das famílias e dos trabalhadores, ressaltando a gestão séria e comprometida do Prefeito Guilherme Menezes (PT), “que aplica bem os recursos do município”. Afirmou que Conquista vem acumulando títulos positivos como saneamento básico. “A população ganha em saúde”. Acrescentou que Vitória da Conquista é uma cidade em plena ascensão.

Vereador Luciano participa de Audiência na SEINFRA

Posted by camila | Legislativo,Mandato,Zona Rural - Conquista | segunda-feira 11 julho 2016 16:32

Na manhã de hoje( 11) o Vereador Luciano Gomes esteve na SEINFRA- Superintendência de energia em Salvador, com o coordenador de Acompanhamento e Execução de Obras, Marcos Marton, buscando garantir a instalação de redes elétricas na Zona Rural de Vitória da Conquista, entre as localidades estão os Povoados de Capinal, São Joaquim, Cabeceira do Jibóia e região.13640902_1119173821476285_6280955198518470037_o

Vereador Luciano Visita a Comunidade de Santa Marta

Posted by camila | Zona Rural - Conquista | segunda-feira 11 julho 2016 16:20

Reunião com alguns amigos da Santa Marta na tarde de sábado (09), momento gratificante para o nosso mandato, no qual tivemos a oportunidade de ouvir as demandas de comunidade.13613377_1119036544823346_4531894904271887998_o

Luciano diz que Governo Municipal já licitou obras fruto das emendas dos vereadores

Posted by camila | Legislativo,Liderança de Governo,Mandato,Poder Execultivo,VITÓRIA DACONQUISTA | quinta-feira 16 junho 2016 8:59
Ascom Câmara

Luciano Gomes (PR)

Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) nesta quarta-feira, 15, o vereador Líder do Governo na Casa, Luciano Gomes (PR) disse que na semana passada o Governo Municipal realizou as licitações necessárias para o cumprimento das emendas parlamentares. “São obras que necessitaram de fazer as licitações”, explicou.

Algumas obras, de acordo com o que explicou o parlamentar, não precisaram de licitação pois serão executadas pela própria Prefeitura, através da Empresa Municipal de Urbanização (Emurc), como é o caso, por exemplo, de pavimentação asfáltica de ruas. “Vitória da Conquista recebeu no último mês uma usina de asfalto com a capacidade quatro vezes maior para atender à população, com 50 anos de vida útil”, contou o Líder do Governo.

13º salário – O parlamentar também deu destaque ao pagamento antecipado do 13º salário dos servidores municipais. De acordo com o vereador, os servidores receberão o pagamento antes do São João. “O 13º salário, a primeira parcela estará na conta do servidor municipal bem antes do São João”, disse.

Luciano cobra respeito da Via Bahia para Vitória da Conquista

Posted by camila | VITÓRIA DACONQUISTA,Zona Rural - Conquista | quinta-feira 16 junho 2016 8:58
Ascom Câmara

Luciano Gomes (PR)

Durante o seu pronunciamento na sessão especial sobre a atuação da Via Bahia em Vitória da Conquista, realizada pela Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), o vereador líder do governo na Casa, Luciano Gomes (PR), cobrou respeito da Via Bahia para Vitória da Conquista. “É notório que a Via Bahia não tem tido o respeito necessário com a população de Vitória da Conquista”, analisou o parlamentar.

Luciano apontou que a Via Bahia sabe a quantidade de veículos que circulam, da quantidade de acidentes mas não toma providências em busca da resolução dos problemas, chegando a demorar anos para fazer um quebra molas. “Mas a Via Bahia não esquece de cobrar o pedágio”, disse o líder do governo na Câmara. “Ela precisa cumprir o contrato e preservar a vida”, cobrou.

Gomes lembrou que esteve presente no momento em que o prefeito entregou ao então ministro dos Transportes, César Borges, o documento solicitando a autorização da execução dos projetos dos viadutos e também quando, em Brasília, o prefeito cobrou ao ministro a execução das obras e o ministro autorizou a execução.

Luciano relata viagem a Salvador e anuncia feira na Cabeceira da Jibóia

Posted by camila | Agricultura,Conquista,ECONOMIA,Legislativo,Limeira,Mandato,Zona Rural - Conquista | quarta-feira 8 junho 2016 17:50
Ascom Câmara

Luciano Gomes (PR)

O vereador Luciano Gomes (PR) iniciou seu pronunciamento na sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista, realizada nessa quarta (08), informando que na última semana estava em Salvador, reunido com o deputado Jurandir Oliveira (PRP) e com todos os diretores da Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia (CERB).

Luciano disse “todos colocaram suas dificuldades e o que poderiam fazer para solucionar o problema da água da zona rural de Vitória da Conquista”. Acrescentou que foi uma reunião satisfatória, com a apresentação de “várias demandas de diversas poços artesianos perfurados por aí, realização do meu mandato com o deputado Jurandir, e outros que estão abandonados”. Declarou que “esperamos em breve uma solução para os problemas dos poços na zona rural de Vitória da Conquista”.

O vereador também teve uma reunião com o Presidente da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (EMBASA), para tratar do problema do abastecimento de água na cidade. “Ouvi as dificuldades da empresa, mas também a vontade de solucionar. Cabe a cada um de nós, vereadores cobrarmos dos deputados federais, para cobrar do governo federal a licitação de nova barragem na Barra do Choça e a barragem o rio Pardo. Todos sabemos do esforço do prefeito Guilherme. Projeto está pronto. Faltam recursos. Vamos cobrar dos nossos deputados federais. Já cobrei do meu”.

Finalizou seu pronunciamento dizendo que nesse mês dedicado a agricultura, a partir do dia 25, acontece a feira na Cabeceira da Jibóia. “Estamos fazendo o cadastro dos pequenos produtores rurais para a comercialização dos seus produtos na feira. Será realizada todos os domingos, a partir do dia 25. Pedimos a Deus que de tudo certo. Desenvolvimento chega quando tem homens e mulheres com vontade de trabalhar. Nós como agentes políticos precisamos ter essa sensibilidade no que pode melhorar e criamos as condições para melhorar a vidas dessas pessoas”.

Câmara festeja aniversário da Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Posted by camila | cultura,Igreja Católica,Limeira,Religião,VITÓRIA DACONQUISTA,Zona Rural - Conquista | terça-feira 7 junho 2016 12:01
Ascom Câmara

audiiencia_publica06_Jun_30A Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) realizou, nesta segunda (6), uma audiência em homenagem ao aniversário de 40 anos da Paróquia Nossa Senhora Aparecida. A paróquia foi criada por Dom Climério de Almeida Andrade, 2º Bispo Diocesano, em 27 de maio de 1976. A iniciativa da homenagem partiu dos vereadores Fernando Jacaré (PT), Irma Lemos (PTB) e Luciano Gomes (PR). Durante a audiência aconteceram apresentações musicais e de vídeo e foi entregue ainda a moção de aplauso, nº 84/2016, ao Padre José Carlos Lima, pelos 40 anos de criação da paróquia.

audiiencia_publica06_Jun_31Participaram do evento: o padre Gerson Bittencourt, que representou o arcebispo Dom Luís Pepeu; o pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, o padre José Carlos; o padre Carlos Valério de Oliveira; Angélica Evani Andrade Amaral; Sinvaldo Ferreira dos Santos Júnior; e os vereadores Irma Lemos (PTB), Fernando Jacaré (PT), Luciano Gomes (PR), Hermínio Oliveira (PHS) e Ricardo Babão (PSL).

Fernando Jacaré (PT)

40 anos em favor dos menos favorecidos –  O Vereador Fernando Jacaré (PT) que presidiu a audiência pública destacou o trabalho das paróquias em toda cidade e também na Zona Rural. Em especial, a Igreja de Nossa Senhora Aparecida, na qual ele é filho desde os 11 anos de idade. Destacou o trabalho realizado de evangelização no bairro Jurema, não só na religiosidade, mas também um trabalho com os pobres, a juventude e nas comunidades rurais. Por ali passaram grande padres, com papel fundamental, não só na paróquia de Nossa Senhora Aparecida, mas destaque em toda a comunidade católica de Vitória da Conquista ao longo desses 40 anos. Lembrou que a paróquia Nossa Senhora de Guadalupe foi criada através da paróquia de Aparecida que hoje exerce seu papel importante de evangelização na Urbis 6 e bairros vizinhos.

Força que vem da fé – A vereadora Irma Lemos (PTB) lembrou episódios da história dos 40 anos da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida. Ela lembrou a construção da igreja de Lagoa de José Luiz, que faz parte da paróquia homenageada. Outro episódio relembrando pela vereadora foi a cerimônia de lançamento da pedra fundamental onde hoje é a paróquia. “Foi uma noite maravilhosa”, recordou a parlamentar. Irma falou sobre a sua fé em Nossa Senhora Aparecida e da força que encontrou, através da sua devoção pela padroeira do Brasil. “Já salvou a minha vida”, disse a vereadora. “Aguentei perder dois filhos em acidentes. Agradeço a Nossa Senhora. Se eu não a tivesse como mãe em meu coração, com certeza eu teria morrido ou em uma profunda depressão”, completou.

 Luciano Gomes (PR)

18 anos de vivência da fé – “Quero agradecer a Deus por permitir que eu esteja aqui e viver esse momento. Comemorar os 40 anos da Paróquia Nossa Senhora Aparecida”, declarou o vereador Luciano Gomes (PR). Ele lembrou que participa da Igreja há 18 anos e, de cada padre traz uma lembrança. Segundo o parlamentar, “são pessoas importantes na nossa vida e que deixaram uma história”. Sobre os padres Rafael, Onildo, Silvino, Denivaldo, Esdras, Albino e os atuais, Valério e Carlinhos, afirmou: “Uma honra e satisfação em fazer parte da Paróquia. Junto com a comunidade, celebra a Palavra e resgata jovens. Tem o cuidado com as pessoas. O amor dos paroquianos é algo incomum. Como amam a paróquia e Nossa Senhora Aparecida. Que Deus possa nos permitir mais outros 40 anos”.

Sinvaldo Ferreira Júnior

Paróquia cumpre seu papel – Sinvaldo Ferreira Júnior destacou que a missão da Igreja é “fazer acontecer o Reino de Deus no nosso meio”. Segundo ele, a paróquia tem cumprindo o seu papel por meio de várias atividades como celebrações, festividades e ações voltadas para a comunidade em que está inserida. Ele ressaltou os 40 anos da paróquia e expressou sua alegria em fazer parte desta história, tendo desempenhado diversos papéis.

Angélica Andrade

Evangelização – Angélica Andrade diz que Deus sempre enviou profetas para fazer lembrar os seus planos. Ela ressaltou que, em 1976, a diocese de Vitória da Conquista recebeu mais uma paróquia, a de Nossa Senhora Aparecida. Segundo ela, desde então, a paróquia tem recebido párocos que se dedicam à construção da Igreja para além do físico, mas também atendendo à necessidade da população no trabalho de evangelização. Angélica ressaltou que a paróquia possui um extenso campo de atuação como pastorais e movimentos que dão aos leigos a oportunidade de ingressar na vida missionária conforme o seu dom e o seu carisma. Ela frisou a sua alegria em fazer parte da estrutura da paróquia. “Eu amo dizer que eu sou da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida”, disse ela.

Homenagem justa – Para o vereador Ricardo Babão (PSL) se trata de um momento especial. Ele afirmou que é alegria poder participar da audiência, especialmente porque encontrou pessoas que fizeram parte de sua trajetória. abão elogiou a iniciativa dos três colegas que propuseram a audiência e falou de sua fé na Santa. Ele tem uma imagem de Nossa Senhora Aparecida em seu gabinete, presente que recebeu quando se tornou vereador.

Padre Gerson Bittencourt

Lugar da alegria, da ternura e da paz – O Padre Gerson Bittencourt destacou a atuação múltipla da paróquia:  “A paróquia de Nossa Senhora Aparecida é, sem dúvidas, o lugar da palavra de Deus, onde a palavra é acolhida, meditada e transmitida. Palavra de Deus que nos anima e nos conduz para a libertação”. Para ele, “a Paróquia de Aparecida é o lugar da alegria, da ternura e da paz, porque o melhor lugar para termos alegria, ternura e paz é o colo de mãe, o colo da Senhora Aparecida”, emendou. O padre também destacou a atuação da paróquia na vida dos paroquianos. “Nesses 40 anos uma grande multidão nasceu para a vida de Deus e da Igreja, tem os seus nomes escritos no Livro da Vida”, disse. “Foi nessa paróquia que tantas pessoas receberam os dons do Espírito Santo para ter forças para vencer as dificuldades da vida”, completou.

Padre José Carlos

Trajetória de luta e conquistas – O padre José Carlos, conhecido como Carlinhos, lembrou que o embrião da paróquia começou em 1974. Dois anos depois, em 1976, a construção da Igreja Matriz havia sido concluída. Ele destacou a chegada a Congregação Vocacionista que “já ajudou a tantos jovens no discernimento vocacional e ainda continua com essa missão”. E lembrou as dificuldades: “O Vocacionário não tinha laje. Cidade fria, passavam a noite com água gotejando na cabeça. Período de sacrifício, mas de muita paixão”. Padre Carlinhos frisou que nos anos 1990, a paróquia deu um grande passo. “Dom Celso pediu que a paróquia também pudesse assistir as comunidades rurais. Passamos a acompanhar e assistir pastoralmente o Capinal e Limeira”.

O Padre Carlinhos falou da importância da freguesia em sua vida. “Conheci em 1985, quando cheguei na cidade, vindo de Sergipe. Aqui conheci a congregação Vocacionista e comecei a dar os primeiros passos no discernimento vocacional”, detalhou. Após se tornar religioso, desenvolveu seu ministério em outros lugares, mas sempre voltou a Conquista. Após o falecimento do Padre José Silvino, a congregação propôs ao Padre Carlinhos assumir a paróquia. “Depois de uma reflexão, vim a essa comunidade para fazer com vocês a animação pastoral. Vim para continuar esse serviço. Assim temos caminhado. Agradeço a tantos leigos que ao longo desses 40 anos de história deram a sua colaboração nessa Paróquia. A cada irmão muito obrigado pelo ímpeto, fé, comunhão, pelas horas alegres e tristes. E assim vamos construindo essa história. Certamente, como já disse o Padre Gérson Bittencourt, que outros 40 anos possam se colocar a nossa frente e cada um de nós nos lançar no espírito e confiança do Senhor para o trabalho do Senhor”.

audiiencia_publica06_Jun_141Ao final a CMVC através dos mandatos dos vereadores Fernando Jacaré (PT), Irma Lemos (PTB), Luciano Gomes (PR) , Arlindo Rebouças (PSDB), Juvêncio Amaral (PSB) e Nelson de Vivi (PCdoB) homenagearam os 40 anos de criação da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, atualmente sobre os cuidados do Padre José Carlos Lima.

Próxima Página »